Quando Cardoso inventou a internet

View previous topic View next topic Go down

Quando Cardoso inventou a internet

Post  wodouvhaox on Tue Jul 22, 2008 7:57 am

por Pedro Dória

Eles inventaram a internet. É o que dizem, não fui eu: está até no nome do site que vão lançar – www.inventamosainternet.com. É a turma do CardosOnline, o “fanzine por e-mail” que nasceu exatos dez anos atrás em Porto Alegre. Daquele grupo de amigos, inventores da internet, saiu um movimento cultural que já inspirou dois filmes.

Um, Cão Sem Dono, foi dirigido por Beto Brant.O outro entrou em cartaz: sexta passada é Nome Próprio, de Murilo Salles.Inventaram a internet? Inspiram filmes? De certa forma, inventaram, sim. Mas, como toda boa história, esta também começa do início.

Em 1998, a internet brasileira era bem diferente da americana. Lá, uma multidão de sites amadores conviviam com vários gigantes profissionais como Yahoo! e Lycos e MSN. Os grandes grupos de comunicação ainda estavam inseguros se apostavam ou não na rede.

Aqui, a maior estrela era o UOL, outros grandes como Globo.com, iG ou Terra ainda não tinham se apresentado. Os amadores, espalhados em inúmeros projetos pessoais mal mapeados, atingiam um público mínimo. Blogs tinham acabado de ser inventados, mas só lá fora e quase ninguém sabia que o nome daquele tipo de site era blog.

Foi nesse cenário que apareceu o CardosOnline. Cardoso não se chama Cardoso. É o apelido de André Czarnobai, um gaúcho ruivo que estudava jornalismo na UFRGS. Faculdade em greve, sem muito o que fazer, tratou de reunir seus textos – resenhas, contos e que tais – numa longa mensagem de e-mail. Os amigos gostaram da idéia e foram se juntando. Daniel Galera – aquele, escritor por trás do Cão Sem Dono, foi um dos primeiros. E logo, logo, Clarah Averbuck, que andou pelas páginas do Link na semana passada. Ela é a moça interpretada por Leandra Leal em Nome Próprio.

CardosOnline era um “fanzine por e-mail”. Quem quisesse, podia assinar para receber de tempos em tempos aquela mensagem com textos, contos, resenhas, um misto de jornalismo e literatura num formato que, meses depois, quem estava na internet chamaria de ezine. Seguindo seu modelo, vários outros surgiriam nos tempos seguintes, como o SpamZine, editado por Alexandre Inagaki.

Ainda demoraria para os blogs começarem a pipocar pela internet brasileira. Mas quando veio a primeira geração de blogs, ela seguiu justamente este caminho ditado pelo CardosOnline: jovens escritores querendo um espaço para divulgar o que faziam. Lá por 2004, 2005, eles começaram a emplacar seus primeiros livros, Daniel e Clarah já na primeira leva. Com Nome Próprio às portas do cinema, é mais um passo. A geração está consolidada.

Clarah não gosta que chamem ela de escritora blogueira. De fato, ela sequer começou nos blogs e o CardosOnline está aí para prová-lo. Mas é uma escritora que surgiu por conta da internet. No filme, sua personagem é a escritora Camila Jam, sempre atenta ao blog, vivendo cada situação, às vezes parece, em função do que registrará em texto e publicará na rede. É uma vida em função do online que só pode ser vivida daquele jeito aos vinte e poucos e que inevitavelmente nos distrai da vida de fato. Leandra Leal está ótima: bonita e competente. Uma pena que o elenco de apoio se perca quase todo.

Não é errado dizer que essa trupe puxada por Czarnobai, o Cardoso, inventou a internet brasileira. Se a internet é esse misto de conteúdo profissional e amador, o espaço onde qualquer um que fotografe, filme, cante, escreva pode apresentar-se ao distinto público, eles foram os pioneiros. Seria de todo injusto, ao contar a história da rede por aqui, descontar sua importância.

Inventamosainternet.com está lá, pendurado na rede, mas ainda não há nada no site. Há uma penca de apostas circulando: o que haverá por ali?

fonte: Link
avatar
wodouvhaox
Admin

Mensagens : 869
Data de inscrição : 2008-02-15

View user profile http://discordiabrasilis.wordpress.com/

Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top

- Similar topics

 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum